Notícias

O que é incluso no valor do condomínio?

13 nov


Morar em um condomínio sem dúvidas traz inúmeros benefícios, dentre eles mais segurança, bem-estar e lazer em um só lugar para toda a família. Porém, na hora de adquirir um imóvel, é comum que haja algumas dúvidas em relação ao mesmo, como por exemplo: o que está incluso no valor do condomínio?

Para esclarecer tal questionamento, a Tecnocal te explica tudo o que compõe a taxa condominial, que tem pagamento obrigatório por lei.

As despesas pagas pelos moradores ou proprietários estão diretamente relacionadas aos custos que a administradora terá para gerir o empreendimento.

A princípio, cada condomínio define como será feita a cobrança, levando em conta o formato e as dimensões de cada unidade e estipulando a partir daí a “fração ideal”. Há alguns casos em que esse sistema não é utilizado, e a cobrança se dá por unidade.

Desse modo, os gastos são divididos conforme a quantidade de unidades que constitui o prédio. Dentre os fatores que integram a taxa, está o salário dos funcionários – incluindo os encargos trabalhistas, como INSS e FGTS – que constitui um percentual que varia entre 55% a 64% das despesas totais, o pagamento do síndico, caso o mesmo seja remunerado, e da administradora, caracterizando assim as despesas ordinárias.

As áreas de lazer, que exigem manutenção periódica, assim como os serviços de luz, água, gás e câmeras de segurança, também integram a taxa condominial. Além disso, acontecimentos eventuais, como por exemplo despesas com material de construção para reformas no condomínio ou a manutenção de equipamentos do local refletem em gastos não programados, denominados despesas extraordinárias.

Acompanhe as redes sociais da Tecnocal e veja mais assuntos como este.

postado por Tecnocal Construtora

deixe o seu comentário